Notícias Fecomercio

24 de agosto de 2017

Saques de contas inativas do FGTS injetaram R$ 10,8 bilhões no varejo brasileiro


Comércio ficou com 25% do total de R$ 44 bilhões sacados de março a julho, segundo pesquisa da CNC

Os recursos decorrentes dos saques nas contas inativas do FGTS geraram um impacto positivo de R$ 10,8 bilhões nas vendas do comércio varejista brasileiro entre os meses de março e julho deste ano. É o que revela um levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). O valor corresponde a 25% do total sacado (R$ 44 bilhões, segundo informações preliminares da Caixa Econômica Federal).

Quatro segmentos do varejo tiveram impacto relevante nas vendas, absorvendo 86% dos recursos destinados ao consumo: vestuário e calçados (R$ 4,1 bilhões), hipermercados e supermercados (R$ 2,8 bilhões), artigos de uso pessoal e doméstico (R$ 1,3 bilhão) e móveis e eletrodomésticos (R$ 1,2 bilhão).

Voltar para Notícias