Notícias Fecomercio

13 de fevereiro de 2019

Com inadimplência alta, empresário deve facilitar pagamento para atrair consumidor


PEIC mostra que 731,8 mil famílias da capital paulista não conseguiram pagar a dívida até a data do vencimento, 41,5 mil a mais que o mesmo mês do ano passado

As famílias do município de São Paulo iniciam o ano com dificuldades de arcar com os compromissos financeiros. Por isso, é importante que o empresário mantenha as políticas de facilitação de pagamento e faça promoções com o intuito de atrair esses consumidores.

Em janeiro, a inadimplência na cidade subiu nas comparações mensal e anual, segundo mostra a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

A taxa registrada no mês foi de 18,7%, 1,2 ponto porcentual acima do dado de dezembro e 0,9 p.p. superior ao computado em janeiro de 2018. Isso significa que 731,8 mil famílias não conseguiram pagar a dívida até a data do vencimento, um aumento de 41,5 mil lares no contraponto anual.

A taxa de famílias endividadas na cidade ficou em 49,9%, pouco mais alto que os 48,7% de dezembro. No entanto, se comparado com o mesmo período do ano passado (53,3%), a taxa atual está 3,4 pontos porcentuais abaixo, o que significa uma redução de 120 mil lares que possuem algum tipo de dívida para um total em janeiro de 1,95 milhão de famílias endividadas na capital paulista.

A parcela da renda comprometida com crédito ficou em 28%, o que é considerado com saudável. Confira a matéria completa aqui.

 

Voltar para Notícias